10 festivais indianos que você não pode deixar de conhecer

Índia, um país místico e milenar, repleto de culturas e tradições de um mix de povos e religiões que vivem em harmonia desenvolveram em sua essência a felicidade em celebrar e compartilhar com o próximo a alegria do viver.

Esta sensação de alegria e felicidade é compartilhada veementemente entre as religiões e culturas de povos que vai de Gujarat a Assam, de Kashmir a Tamil Nadu, e se espalha entre mais 24 Estados indianos, compondo 28 Estados com suas crenças e tradições, línguas, gastronomia e música, mas que no conjunto compõem um dos países mais exóticos e belos do mundo, a Incredible India (Incrível Índia).

Aprenda sobre algumas das festividades celebradas no país as quais você não pode deixar de conhecer:

1- DIWALI

Quando: Comemorado no 15º dia Kartika (período de lua cheia que pode ser entre os meses de Outubro ou Novembro) no calendário Hindu.

Diwali é um festival que pode durar cerca de cinco dias que representa o início do ano novo hindu. Ele é conhecido como o “Festival das Luzes” devido aos fogos de artifício, pequenas lâmpadas de argila, e velas que são acesas durante as celebrações.

Estas luzes representam a vitória do bem sobre o mal, e a iluminação sobre as trevas.

Diwali, ou festival das luzes

Diwali, ou festival das luzes (Foto: Blog Joslin)

A luz das velas acesas durante a noite torna a beleza do festival de Diwali muito atraente e esquenta a atmosfera do ambiente, que faz com que o fogo da felicidade e alegria das pessoas fique ainda mais forte.

Luzes formam a figura de Ganesh (Foto: Marília Bacci)

Luzes formam a figura de Ganesh (Foto: Marília Bacci)

Está esperando o que para acender sua vela e iluminar sua vida?

2- HOLI

Quando: Entre Fevereiro e Março – acontece sempre em época de lua cheia, podendo variar o período de ano para ano.

O Festival das Cores ou Holi, como é conhecido, é um festival realizado na Índia todos os anos entre fevereiro e março, que tem o intuito de comemorar a chegada da Primavera no Hemisfério Norte. É uma celebração Hindu muito divertida que envolve jogar pó colorido, feito com flores e algumas frutas, nas pessoas.

Holi, festival das cores da Índia (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Holi, festival das cores da Índia (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

É uma celebração feito para toda família e amigos. A diversão é garantida quando você sai para as ruas para celebrar o Holi. Escolha suas cores preferidas e vá colorir as pessoas e o ambiente ao seu redor!

Crianças coloridas pelo Festival das Cores (Foto: Google imagens)

Crianças coloridas pelo Festival das Cores (Foto: Google imagens)

 

Se você não se importa de ficar molhado, sujo e colorido parecendo um smurf ou um ET o Festival Holi foi feito para você!

3- GANESH CHATURTHI

Quando: Agosto / Setembro. Ocorre no período do Bhadrapad que no calendário gregoriano é o mesmo que um mês começando no dia 23 de Agosto e terminando no dia 22 de Setembro.

Ganesh Chaturthi é a celebração do aniversário de Ganesh, o deus mestre da sabedoria e intelecto.

Ganesh é o primeiro filho de Shiva e Parvati e é representado uma divindade com uma grande barriga, quatro braços e a cabeça de elefante, com uma presa inteira e outra quebrada e tendo o rato como sua montaria.

É o mais importante festival no Estado de Maharashtra, sendo comemorado por 10 dias, entre o 4º e o 14º dia do período de Bhadrapad. Nos Estados de Tamil Nadu, Andhra Pradesh e Maharashtra, as imagens de Ganesh feitas de barro não cozido são adorados entre a população. Além disso um doce especial chamado Modak é preparado nesta ocasião.

Devotos levando Ganesh para o Mar Arábico (Foto: Vivek Prakash)

Devotos levando Ganesh para o Mar Arábico (Foto: Vivek Prakash)

Ganesha é associado com o primeiro chakra de nosso corpo representando o instinto de conservação, sobrevivência e o de procriação. Esse deus é venerado em toda Índia por representar uma solução lógica para os problemas, sendo conhecido como “Destruidor de Obstáculos”.

Saiba o que significa os simbolismos de Ganesh:

– Longas Orelhas: habilidade de escutar mais as pessoas. Simbolizam a importância de escutar para poder assimilar ideias. Usadas para ganhar conhecimento;

– Boca Pequena: falar menos;

– Olhos Pequenos: Concentração;

– Cabeça grande e em forma de elefante: pensar grande. Indica fidelidade, inteligência e poder discriminatório;

– Barriga grande: capacidade de digerir os sofrimentos do universo e proteger o mundo, simbolizando benevolência e proteção ao mundo;

– Pernas: a posição de suas pernas indica a importância da vivência e participação no mundo material, assim como no mundo espiritual;

– Tromba: alta eficiência e adaptabilidade;

– Presas: o fato de ele ter uma única presa, sendo a quebrada segurada por uma das mãos para ser usada como caneta, indica a habilidade de Ganesha de superar todas as formas de dualismo. É dito que Ganesh retirou sua presa para escrever os Vedas (textos originários da Índia antiga, constituindo as escrituras mais ancestrais do Hinduísmo);

– Trishula estampado na testa: Trishula é a arma do deus Shiva, similar a um tridente. Simboliza em Ganesh o tempo (passado, presente e futuro) e a superioridade dele sobre o tempo. Também representam os chamados “três modos da natureza material” (bondade, paixão e ignorância), que são superados por Ganesha e seu pai, Shiva;

– Braços: Ganesh possui quatro braços que representam os 4 atributos do corpo sutil, que são: mente (Manas), intelecto (Buddhi), ego (Ahamkara), e consciência condicionada (Chitta). Ganesha representa a pura consciência – o Atman – que permite que estes quatro atributos funcionem entre nós;

– Mãos e instrumentos:

1) a mão segurando uma machadinha é um símbolo da restrição de todos os desejos, que trazem dor e sofrimento, levando o homem para o caminho da verdade;

2) a segunda mão segura um chicote, símbolo da força que leva o devoto para a eterna beatitude de Deus e que o puxa para mais perto dos objetivos;

3) a terceira mão está abençoando o devoto e protegendo seu caminho espiritual;

4) a quarta mão segura uma flor de lótus (padma) e simboliza o mais alto objetivo da evolução humana, a realização do seu verdadeiro eu;

Transporte: o rato é o meio de transporte de Ganesh. Simboliza os desejos da vida a serem controlados.

Ganesh sendo enviado às águas do Ganges (Foto: New Indian Express)

Para marcar o fim das festividades, as imagens de Ganesh são imersos nas águas dos rios.

E aí? Vai começar a venerar Ganesh para ficar longe dos obstáculos da vida?

4- DURGA PUJA

Quando:  Setembro / Outubro. Ocorre no mês de Ashwin, sétimo mês lunar no calendário Hindu.

Durga Puja é um festival Hindu de nove dias, celebrado em quase todas as partes da Índia, mas é adorado com mais ênfase nos Estado de Assam, Bihar, Jharkhand, Odisha, Tripura e, principalmente, em West Bengal. Na cidade de Kolkata, por exemplo, o Durga Puja é a maior festividade e mais importante ocasião do ano.

Durga é a forma da esposa de Shiva, a deusa Parvati, caçadora de demônios.

É a mãe de Ganesh, e representa a encarnação do feminino e da energia criativa (Shakti). Possui 10 braços que carregam armas e assumem mudras, gestos simbólicos com as mãos. Sua montaria é um leão ou um tigre.

Deusa suprema Durga (Foto: Soma Chakraborty)

Os primeiros nove dias do Durga Puja são conhecidos como Navaratri e são repletos de danças em honra da Deusa Mãe.

O 10º dia, chamado Dussehra, é dedicada a celebrar a vitória de Rama sobre o rei demônio Ravana, coincidindo com a vitória da deusa Durga sobre o demônio de Mahishasura, com seu búfalo do mal.

Durga vencendo Mahishasura (Foto: iloveindia)

Durga vencendo Mahishasura (Foto: iloveindia)

O festival de Durga Puja é um evento extremamente social e teatral, onde dança e performances culturais são amplamente realizadas. Ademais, comidas e socialização entre as pessoas é comumente presenciado.

Durga Puja é comemorado de uma maneira semelhante ao festival de Ganesh Chaturthi.

O início do festival é marcado por enormes estátuas feitas para decorar as casas por toda cidade. No final do festival, as estátuas desfilam pelas ruas, acompanhadas de música, dança e multidão, que leva a imagem da deusa até o rio Ganges, onde ela é imersa.

5- BAISAKHI

Quando: Abril.

Baisakhi ou Vaisakhi é um festival do povo Punjabi que representa a celebração da colheita na região de Punjab. Dia também comemorado como “Dia de Ação de Graças” pelos agricultores locais, pagando seus tributos, agradecendo a Deus pela colheita abundante e também rezando para a prosperidade futura.

Celebração do Baisakhi (Foto: Panjabi)

Celebração do Baisakhi (Foto: Panjabi)

Para a comunidade Sikh, a celebração do Baisakhi tem um significado muito especial. Foi neste dia que o último Guru Gobind Singh organizou os Sikhs em Khalsa (comunidade composta pelos Sikhs que passaram por uma cerimônia de iniciação), representando assim a eliminação de diferenças entre classes mais altas e baixas e estabeleceu que todo ser humano é igual.

Dança:

O festival da colheita é também caracterizada pela dança popular Bhangra que, tradicionalmente, é a dança da colheita.

Bhangra Dance (Foto: Vancouver Scape)

Bhangra Dance (Foto: Vancouver Scape)

Ano Novo Punjabi

Nesta data também comemora-se o Ano Novo no Estado de Punjab.

6- INTERNATIONAL KITE FESTIVAL / UTTARAYAN

Quando: 14 e 15 de Janeiro (todo ano).

O Festival Internacional das Pipas ou International Kite Festival é um dos maiores festivais comemorados no Estado de Gujarat, que celebra todo ano mais de 2.000 festivais. O Festival das Pipas ou Uttarayan, como é conhecido, mobiliza toda a população que meses antes começa a fabricar e confeccionar pipas de todos os tamanhos e cores.

Kite Festival (Foto: Ente CIty)

Kite Festival (Foto: Ente CIty)

Uttarayan foi considerado feriado público de dois dias na Índia após sua febre. Muitos turistas e nativos visitam a cidade capital do Estado de Gujarat, Ahmedabad, para aproveitar o Festival.

A cidade vive a influência deste festival durante 2 dias e a palavra que você provavelmente mais vai escutar será “PIPA” ou “KITE”, em inglês.

Muitos nativos aproveitam para confeccionar pipas e criar mercados de venda de carretéis de linhas para pipas e as próprias pipas de diversas cores e tamanhos, para garantir a renda extra destes dois dias de evento.

Carretéis de linha (Foto: Mehul Pathak)

Carretéis de linha (Foto: Mehul Pathak)

O Uttarayan acontece desde 1989 e todo ano é ansiosamente esperado pela população e por estrangeiros que se preparam com suas melhores pipas para dominar os céus!

Uttarayan - Kite Festival (Foto: Allzhere)

Uttarayan – Kite Festival (Foto: Allzhere)

O evento recebe aproximadamente de 8 a 10 milhões de participantes de diversos Estados da Índia e de países como: Japão, Itália, Reino Unido, Canadá, Brasil, Indonésia, Austrália, EUA, Malásia, Singapura, França, China, entre outros.

Que está esperando? Planeje para no próximo mês de Janeiro colocar sua pipa no ar e dominar com diversão os céus de Gujarat!

7- ONAM

Quando: Setembro / Agosto.

Onam é um tradicional festival que dura 10 dias e cultua e agradece o período da colheita, marcando o regresso do mítico rei Mahabali ao mundo, após ser enviado as profundezas do submundo de Sutala por Vamana, o quinto avatar de Vishnu.

Flores sendo arrumadas para o Onam (Foto: The Hindu)

Flores sendo arrumadas para o Onam (Foto: S. S. Kumar)

É um festival rico em cultura e patrimônio, quando  pessoas decoram o chão de suas casas com flores dispostas em padrões únicos para saudar o rei Mahabali. O festival também é comemorado com pessoas usando vestimentas novas, banquetes servidos em folhas de bananeira, danças tradicionais, esportes, jogos, entre outras comemorações.

O festival de Onam é celebrado principalmente pelo povo do Estado de Kerala, na Índia. Foi declarado “feriado estadual” em 1960, dando valor significativo nas comemorações do povo que ali habitam.

8- KRISHNA JANMASHTAMI / GOVINDA

Quando: Agosto / Setembro.  Comemorado durante o mês Shravana no calendário Hindu.

Krishna Janmashtami, também conhecido como Govinda, é a data comemorativa do aniversário do deus Krishna.

A parte cômica e divertida do festival envolve aglomerar pessoas para formar uma pirâmide humana e tentar chegar ao objetivo de quebrar vasos de barro cheios de coalhada, uma iguaria muito apreciada na Índia, que estão amarradas em níveis elevados acima do chão.

Krishna Janmashtami (Foto: IBN Live)

Krishna Janmashtami (Foto: IBN Live)

Vai encarar? Semelhanças com a brincadeira de pau de sebo são meras coincidências!

9- PUSHKAR CAMEL FAIR

Quando: Outubro / Novembro.  Comemorado durante o mês Kartik no calendário Hindu.

Pushkar Camel Fair ou Feira dos Camelos de Pushkar acontece na cidade de Pushkar, no Estado de Rajasthan, Índia. Um encontro de vendedores e compradores de camelos, que enfeitam seus animais de diversas cores e estilos, com cortes na pelagem de diversas maneiras e desenhos, para atrair pessoas aficionadas por fazer um bom negócio.

Pushkar Camel Festival (Foto: Bolguru)

Pushkar Camel Festival (Foto: Bolguru)

São cerca de 50 mil camelos que são levados à este evento próximo ao deserto para compra e venda por uma multidão de comerciantes.

Camel Fair em Pushkar (Foto: Rextar Plus)

Camel Fair em Pushkar (Foto: Rextar Plus)

Durante cinco dias os camelos são tratados como reis. Eles são vestidos com ornamentos coloridos e de diversos tamanhos, desfilam com pelos raspados e competem em desfiles de beleza. Os mais chamativos e belos são negociados a preços mais salgados.

E você já guardou sua mesada para ir no Pushkar Camel Fair e comprar um camelo para você?

10- KUMBH MELA 

Quando: Cada cidade onde é celebrado calcula a data do festival de acordo com uma combinação astral do sol, da lua e do planeta Júpiter.

Kumbh Mela é o principal festival do hinduísmo e o maior evento de peregrinação do mundo. Estima-se que no ano de 2013, a celebração reuniu cerca de 80 milhões de peregrinos e devotos nos  45 dias de duração do festival indiano.

Só para você ter noção, a Índia inteira possui cerca de 1.2 bilhões de pessoas. Reunir 80 milhões de pessoas seria como colocar um pouco mais de 65% de toda a Índia em um único lugar! Ou juntar 4 Austrálias inteiras e colocar em um único lugar! Difícil de imaginar até para padrões da Índia!

Multidão no festival Kumbh Mela (Foto: Lok Marg)

Dizem que a concentração de pessoas foi tão grande que dava para ver do espaço. Será?

Peregrinos vistos por imagem de satélite (Foto: Digital Globe)

Pois está ai a imagem de satélite para comprovar. Os pontinhos perto das margens do rio são milhões de pessoas se banhando!

O Kumbha Mela se baseia numa lenda da mitologia hindu na qual deuses e demônios entraram em guerra por causa de um pote que continha o néctar da imortalidade.

Algumas gotas deste néctar caíram em quatro cidades na Índia: Allahabad (Prayag), Ujjain, Nashik e Haridwar, onde a cada três anos o Kumbh Mela ocorre, sempre em períodos rotativos, ou seja, sendo realizado em cada um destes quatro lugares a cada 12 anos.

Devotos banhando nas águas sagradas (Foto: Festivals of India)

Devotos banhando nas águas sagradas (Foto: Festivals of India)

Por esse motivo, as águas dos rios Ganges (Ganga) onde ocorre o evento em Haridwar, Sangam (confluência entre as águas dos rios Ganges, Yamuna e Saraswati) onde ocorre em Allahabad (Prayag), Ujjain nas margens do rio Shipra e no rio Godawari na cidade de Nashik, são consideradas sagradas e muitos devotos vão com o intuito de se banharem nelas e lavarem todos os pecados e males de suas vidas.

O Ardha Kumbh Mela é realizado em apenas dois lugares, Haridwar e Allahabad, durante um período de seis em seis anos.

Já o Purna Kumbh Mela ocorre a cada 12 anos apenas em Allahabad. E o mais esperado de todos, o Maha Kumbh Mela, o maior de todos, acontece a cada 144 anos.

Prepare-se, pois o próximo Kumbh Mela irá ocorrer na cidade de Nashik, nas margens do rio Godawari durante 15 de Agosto e 13 de Setembro de 2015.

Vai planejar uma ida ao Kumbh Mela para banhar-se nas águas dos rios sagrados?

Agora que você conheceu 10 festivais incríveis que ocorrem durante o ano na Índia, que tal em sua visita ao país não planejar uma aventura para vivenciá-los?

Quer mais Move, Learn e Enjoy na sua vida?

Curta nossa página no Facebook

Veja nossas fotos no Instagram

matheus template_editado-1

Posted in Curiosidades and tagged , , , , , , , , , , , , , , .

2 Comments

  1. Pingback: Coisas incríveis que você não sabia sobre a Índia

  2. Adorei todas as suas informações. Estão me ajudando na pesquisa para a construção da minha Fanfic.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *