Trabalho voluntário na Turquia

Compreenda como é fazer intercâmbio voluntário na Turquia

Intercâmbio voluntário transforma a maneira como você vê o mundo a sua volta e te adiciona uma bagagem infinita de aprendizado para vida.

Confira a história do Alex Pinheiro da Silva e seu intercâmbio voluntário na Turquia!

Mesquita azul em Istambul

Mesquita azul (Foto: Alex Pinheiro da Silva)

Descrever em um texto todo a aprendizado que eu tive durante meu intercâmbio voluntário pela AIESEC é talvez um desafio quase tão grande quanto realizar o mesmo. Digo isso pois a experiência que eu vivi morando em Istambul por quase dois meses, dando aulas de inglês e cultura gerais para crianças carentes, foi algo que literalmente transformou minha vida. (tanto minha mentalidade, quanto propósito de vida).

Trabalhei como voluntário no programa Magic Steps pela AIESEC Istanbul Asia na Turquia.

Foi realmente muito desafiadora toda a experiência, o programa da AIESEC literalmente me tirou da zona de conforto e me fez rever diversos conceitos que  tinha a respeito de questões culturais, éticas e profissionais.Continue reading

Airbnb é realmente mais barato que um quarto de hotel?

Você já parou para pensar se o maior aplicativo do mundo de hospedagem que não tem nenhum ativo constuído, o AirBnb, ainda tem preços mais baratos que hotéis?

Atualmente, viajar ficou muito mais fácil. Alie uma combinação de fatores como: companhias aéreas de baixo custo e compartilhamento de viagens, com aplicativos que democratizam a experiência e otimizam seu bolso a gastar menos, a economia compartilhada, deixam as viagens mais acessíveis do que nunca.

Ainda assim, quando se trata de encontrar um lugar para ficar, os quartos de hotéis tendem a custar uma pequena fortuna.

Hoje em dia, existem soluções para pessoas que tentam poupar dinheiro graças à ascensão da economia de compartilhamento, particularmente sites como Couchsurfing e AirBnb. Ambos os serviços dão aos hotéis uma briga no que diz respeito a captação de recursos de clientes, visto que cada vez mais a democratização da tecnologia permite as pessoas a fazerem mais com menos.

Mas, quanto é que o Airbnb realmente salva o bolso das pessoas nas grandes cidades?

O site alemão de reservas de hotéis HRS divulgou dados sobre os preços dos hotéis nas principais cidades do mundo, sendo Nova York a mais cara, com uma diária média de US$ 306 por noite. O AirDNA é um site que rastreia e analisa o mercado do AirBnb e, de acordo com seus dados, uma sala do AirBnb em Nova York custaria, em média, US$ 187 por noite.

Isso salvaria os viajantes de impressionantes US$ 119, que poderiam gastar em todas as atrações que a Big Apple tem a oferecer.

Cozinhar em um apartamento do AirBnb e evitar restaurantes caríssimos também pode economizar ainda mais dinheiro para viajantes com orçamento limitado, como preferencialmente fazem os mochileiros!

A tendência do AirBnb bater o hotel se repete na maioria das cidades, como pode ser visto no infográfico a seguir, mostrando dados em oito dos principais destinos turísticos do mundo:

airbnb é mais barato que hotel?

Fonte: AirDNA, HRS

Escolher um AirBnb em Tóquio, por exemplo, pode fazer você economizar US$ 127 por noite.

É claro que alguns viajantes ainda preferirão ficar em um hotel apesar dos custos mais altos, ressaltando que ele nega o estresse de procurar por um apartamento apropriado no site do AirBnb, pegar a chave com o proprietário, integrar-se em conversas com estranhos para alinhar como será a hospedagem, etc.

AirBnb app

AirBnb app (Foto: B9)

Fato é que o AirBnb veio para ficar e muitas pessoas já estão preferindo esta opção ao invés de hotéis.

Artigo traduzido e adaptado de Statista

Quer mais Move, Learn e Enjoy na sua vida?

Curta nossa página no Facebook

Veja nossas fotos no Instagram

Sommelier de água está mudando a maneira como as pessoas provam H2O

Conheça a história do sommelier que faz da água o seu vinho

O que significa ser um sommelier de água?

Martin Riese é do norte da Alemanha, perto da fronteira dinamarquesa. Cresceu com o Norte e o Mar Báltico à sua frente, ou seja criado pela água e circundado pela água.

Quando era mais jovem e saia de férias com os pais, ele sempre provava a água da torneira onde quer que fosse e percebeu que as águas da torneira em diferentes cidades eram diferentes… (Espero que também fossem tratadas).

Isso acabou se tornando seu principal hobby e interesse nas viagens – experimentando diferentes águas da torneira.

Ele percebeu que temos que dar opções às pessoas quando se trata da bebida mais saudável do planeta e foi assim, que o sommelier de água criou seu primeiro cardápio exclusivamente para esta bebida.

Em 2005, Martin conseguiu um emprego em Berlim em um restaurante com estrela Michelin chamado First Floor e uma noite um convidado foi até ele e disse: “Então Martin, você tem mais de 1500 rótulos de vinhos diferentes, mas apenas uma marca de água. Eu não como o gosto daquela água, o que mais você pode me oferecer? ”

Eu olhei para ele e percebi que no negócio de restaurante é tudo sobre opções. Oferecemos uma seleção de licores, cervejas e vinhos, mas quando se trata de água, a maioria é apenas com gás, normal ou da torneira.

Nem mesmo a marca de água é dada como fator crucial para compra e venda dos produtos nos restaurantes.

*Nota do autor: Estranho este fato, porque para mim, caros leitores, só existe com gás e sem gás – no máximo quente e gelada para mais algumas características*

 

“Ocorreu-me que temos de dar opções às pessoas quando se trata da bebida mais saudável do planeta e, assim, criei meu primeiro cardápio de água”

 

O menu de água do primeiro andar estreou em 2006, e através dessa experiência Martin começou a provar mais e mais água.

Desde então, tem lido e estudado exaustivamente a água e, em 2009, escreveu um livro chamado Die Welt des Wassers ou O Mundo da Água (The World of Water, em inglês). Um ano depois, em 2010, ele se certificou como sommelier da água através da Associação Alemã de Comércio de Água Mineral, uma organização que representa a capital de Berlim em suas fontes de água dentro da indústria global de água engarrafada.

Segundo Martin, cerca de 100 pessoas no mundo são certificadas por esse programa.

Se levarmos em conta que existem hoje aproximadamente 7,4 bilhões de pessoas no mundo, isso é cerca de 0,0000013% da população, ou seja, MUITO POUCO!

A água continua a ser um presente na vida do sommelier de água, pois por ela que foi concedido o O-1 Visa ou Visto O-1, reservado para estrangeiros que, de acordo com o Departamento de Segurança Interna dos EUA, “possui habilidade extraordinária em ciências, artes, educação, negócios ou atletismo”, ou que tem um histórico comprovado de realizações extraordinárias no cinema ou na indústria da televisão e que foi reconhecido nacional ou internacionalmente por essas realizações”.

Ou seja, Martin ganhou visto e Green Card para morar e trabalhar nos Estados Unidos, graças a água!

Maritn Riese e garrafas de água

Maritn Riese e garrafas de água próximos a Los Angeles (Foto: Fernanda Ezabella)

Ele se mudou para Los Angeles em 2011 para trabalhar para o Patina Restaurant Group, e fez a curadoria de seu primeiro cardápio de água americano em 2013 para o Ray’s & Stark Bar que foi um grande sucesso.

As vendas de água do restaurante aumentaram em 500% e permaneceram fortes desde então.

Após isso eles lançaram um cardápio de água no restaurante homônimo do Patina Group em Downtown LA, e outro no Hollywood Bowl, um local de concertos ao ar livre que serve comida do Grupo Patina.

Ao criar os menus de água do Grupo Patina, o sommelier de água decidiu oferecer apenas águas minerais e de nascente.

Seu objetivo era mostrar uma ampla variedade de águas de todo o mundo com gostos variados e com um forte foco em garrafas especiais que os consumidores não podiam comprar em uma mercearia local. Atualmente, estão oferecendo 20 diferentes rótulos de águas minerais de 10 países, e elas variam de US$ 8 a US$ 20.

Você pagaria de 8 a 20 dólares para beber água?

A água mais cara do menu é chamada Berg – uma água de uma geleira de 15.000 anos do Canadá.

Esta é vendida por US$ 20 a garrafa.

E por que a água pode ser tão cara?

Segundo Martin, porque ela é como o vinho. Algumas águas são limitadas e difíceis de obter, e certas garrafas apresentam materiais e designs únicos.

E ele afirma que a água tem sim sabor diferente uma da outra.

Todas as águas do menu de água do Grupo Patina são provenientes da mesma fonte: a água da chuva. Caindo do céu no chão, a água da chuva se filtra naturalmente através das camadas de terra, captando diferentes minerais naturais ao longo do caminho.

Mais uma vez, como o vinho, pode-se realmente provar a região e a profundidade de onde vem a água. É chamado de terroir.

No mundo da água, os níveis minerais que criam sabor são medidos pelo Total de Sólidos Dissolvidos (TDS, em inglês).

Sommelier de água Martin Riese

Sommelier de água Martin Riese (Foto: Eater)

Em 2015, o sommelier de água começou a dar aulas de água no Ray’s, no Stark Bar e no Patina. Assim, Martin Riese descobriu que mais e mais convidados estavam interessados ​​em aprender sobre a água e entender as diferenças de sabor.

E segundo Martin os participantes chegam com uma sensação de ceticismo, lançando a frase “Só em LA”.

Ele teve uma reação semelhante ao meu menu de água na Alemanha – “Somente em Berlim” – comentários foram lançados na época. Mas ele está acostumado com as pessoas se sentindo cansadas de fazer o mesmo.

Independentemente disso, adora ver as pessoas aprendendo sobre a água enquanto exploram as diferentes opções, observando as sutis mudanças de sabor e deixando sem dúvidas claro que a água tem sabor.

Como exemplo e forma de mostrar os vários níveis de TDS na água, durante as aulas, os alunos e o sommerlier de água provam seis águas diferentes águas de todo o mundo, com níveis de TDS variando de 40 (Voss, Noruega) a 7400 (Roi, Eslovênia). O sabor varia de suave (baixo TDS) a complexo e de frutado a extremo salgado e metálico (alto TDS).

É importante considerar a água no contexto de como ela combina com alimentos e coquetéis.

A maioria das pessoas não percebe que a água tem um impacto enorme em tudo que é apresentado em um prato ou em um copo. Por exemplo, a água pode diminuir a acidez e os taninos do vinho, assim como o cubo de gelo certo em um coquetel pode fazer os espíritos cantarem.

E sem dúvida a cerveja, que é a principal bebida alcoólica consumida no mundo, não fica de fora. Como a cerveja é quase 90% de água, é vital utilizar uma boa fonte na produção.

No geral, Martin Riese da a água o valor que ela merece.

E como ele mesmo afirma: “Todos nós devemos beber água diariamente, parar de desperdiçá-la e honrá-la pelo que é: um item de valor. Vamos mudar a maneira como vemos a água em um nível global por meio da compreensão e do respeito”.

E acredito nas palavras dele, pois de fato o valor da água para vida e para nosso dia a dia é de suma importância. Então, além do sabor e de qualquer outro componente que a água possa ter, devemos dar o valor para ela e tratá-la, pois necessitamos dela para viver.

CURIOSIDADE: CLASSIFICAÇÃO DA ÁGUA

Água Purificada: Deriva de uma fonte municipal e foi filtrada através de osmose reversa com uma quantidade mínima de minerais adicionados.

Água de nascente: A forma mais honesta de água proveniente de nascentes naturais.

Água Mineral: Vem de fontes naturais e tem que ter um conteúdo mineral, também conhecido como TDS (total de sólidos dissolvidos, tradução), de pelo menos 250ppm.

Água destilada: Água que tem muitas de suas impurezas removidas por destilação. A destilação envolve a ebulição da água e a condensação do vapor em um recipiente limpo. O consumo a longo prazo de água destilada ou desmineralizada contendo baixos níveis de TDS não é recomendado e pode estar relacionado ao aumento da diurese, volume de água corporal, concentrações séricas de sódio, diminuição da concentração sérica de potássio e aumento da eliminação dos íons sódio, potássio, cloreto, cálcio e magnésio o corpo. Simplificando, beber água destilada por um longo período de tempo pode colocar a saúde em risco.

 

Artigo traduzido e adaptado de Eater

Quer mais Move, Learn e Enjoy na sua vida?

Curta nossa página no Facebook

Veja nossas fotos no Instagram

 

Intercâmbio voluntário no Peru

Explorando as experiências de intercâmbio voluntário no Peru

Peru me ofereceu uma das melhores e mais loucas experiências da minha vida, o meu intercâmbio voluntário em Lima.

Eu sou Estela Mírian de João Pessoa, Paraíba, e vim falar um pouco desta maravilhosa etapa em minha vida.

Sempre quis fazer um intercâmbio. Tentei diversos programas do governo, fiz seleções, mas nunca parecia que era a hora, nunca parecia que eu iria passar por mais que eu tentasse.

A ideia de viajar sozinha, por conta própria com meu próprio dinheiro e sem ninguém conhecido por perto me aterrorizava.

Sem falar da minha condição financeira que me impossibilitava de realizar diversos sonhos.

Continue reading

guanajuato intercambio social mexico

Intercâmbio social no México

Descubra as oportunidades de se fazer intercâmbio social no México pela AIESEC

Que felicidade estar escrevendo sobre o meu intercâmbio.

Eu sempre li relatos de pessoas que viajaram e pensava em como seria o meu.

Meu nome é Rhaíssa Fernanda Dantas Coelho da Paz, eu sou de Maceió e eu fiz meu intercâmbio social em León, México, em junho de 2017.

Eis que chegou a minha vez e estou aqui para contar um pouco dessa aventura de 6 semanas que eu vivi.

Continue reading

trabalho voluntario portugal idosos

Trabalho voluntário em Portugal com idosos

CRESCIMENTO PROFISSIONAL E PESSOAL – TRABALHO VOLUNTÁRIO EM PORTUGAL COM IDOSOS

TEXTO ENVIADO POR CAROLINE QUIXABEIRA

Caroline Quixabeira procurava meios para se desenvolver profissionalmente e pessoalmente, quando soube das oportunidades oferecidas pelos projetos de trabalho voluntário da AIESEC.

Escolhi um país que eu gostasse e que eu fosse me sentir 100% segura. Então parti para PORTUGAL!

O trabalho voluntário em Portugal era em um lar de idosos em Taipas, cidade vizinha a Guimarães.

Continue reading

Rota da Seda Moderna é aposta da China para comércio internacional

China investe pesado em transporte ferroviário e cria “Rota da Seda Moderna”

Que a China se transformou em uma potência econômica nas últimas décadas, isso não podemos negar.

E seu pensamento e atuação estratégica em relação a transações econômicas e abertura de mercados sempre está um passo a frente de seus concorrentes.

Mas o fato é que a China já era uma excelente negociadora desde tempos milenares, da Rota da Seda.

Continue reading

centro de inovacao natura

Visitando a fábrica da Natura em Cajamar

Conheça a Fábrica da Natura em Cajamar e sua preocupação com sustentabilidade

A Natura é uma empresa tipicamente brasileira que desde sua fundação, em 1969, já tinha uma visão de crescer de forma sustentável.

Antônio Luiz Seabra, seu fundador, começou como toda empresa, bem pequena e com uma loja. Após uma reviravolta no modelo de negócios, adotou em 1974, a venda direta, reconhecendo a força do contato pessoal e das relações para levar seus produtos à casa de mais consumidores.

A partir deste momento a Natura começa a se desenvolver e se tornar o que é hoje, uma das empresas brasileiras com maior influência no setor da beleza, e com responsabilidade social e compromisso com a sustentabilidade.

Continue reading

estacionamento aeroporto guarulhos area externa

Conheça o estacionamento mais próximo do Aeroporto de Guarulhos

ESTACIONAMENTO MAIS PRÓXIMO DO AEROPORTO DE GUARULHOS

* Post patrocinado *

Você é de São Paulo e está planejando viajar de avião para um destino internacional.

Temos uma ótima dica para você economizar!

Você ficará alguns dias fora e está indo com sua família para curtir as férias ou então a trabalho, por isso opta por viajar até o Aeroporto Internacional de Guarulhos de carro.

Antes da viagem andou pesquisando os preços do próprio estacionamento do aeroporto e se deparou com diárias nos terminais 1, 2 e 3 de R$45,00.

Levando em conta que sua estada seja de no mínimo 7 dias, este investimento seria de R$ 315,00!

Partindo para outras opções mais acessíveis e econômicas, indicamos para você o estacionamento mais próximo do aeroporto de Guarulhos, o  Ultra Park GRU, que cobra apenas R$ 15,90 na diária para área descoberta e R$ 21,90 para vaga coberta!

estacionamento aeroporto guarulhos vagas

Vagas cobertas (Foto: Ultrapark GRU)

Essa dica no inicio foi baseada em preço, mas percebemos que outros fatores que agregavam valor ao serviço eram muito importantes na escolha do estacionamento ideal.

Veja os motivos pela escolha da Ultra Park GRU:

  • É o estacionamento mais próximo do aeroporto de Guarulhos, levando apenas 5 minutos para chegar até Cumbica;
  • Valor da diária de permanência do veículo de apenas R$15,90, incluindo translado cortesia de 24 horas;
  • Para estadia acima de 7 diárias, oferecem uma ducha no veículo como cortesia.
  • Câmeras infravermelhas que garantem a segurança do seu veículo 24 horas por dia, garantindo a tranquilidade na sua viagem, sem preocupações com seu automóvel;
  • Pagamento em até 3x sem juros.
ultrapark estacionamento guarulhos

Lounge do estacionamento (Foto: Ultrapark GRU)

Além disso, durante o processo da experiência como cliente descobriu que o Ultrapark GRU é sinônimo de excelência no atendimento, contando com profissionais capacitados, lavagem de veículos, sistema self-parking* para vagas cobertas, loja de conveniência, wi-fi e banheiros com chuveiros.

estacionamento aeroporto guarulhos van transporte

Van de translados para o aeroporto (Foto: Ultrapark GRU)

Também providenciam um café expresso cortesia, para desejar boa viagem e/ou boas vindas para os viajantes.

Não se esqueça!

Ultrapark GRU, o estacionamento mais próximo do Aeroporto Internacional de Guarulhos e sinônimo em serviços de excelência.

Faça sua reserva pelo site do estacionamento ou pelos números (11) 2937-3817 e (11) 3456-5253

*Self-park: maneira dos clientes estacionarem seus próprios veículos, sem a necessidade de deixar as chaves com os manobristas e funcionários do estacionamento,

Dados gerais:

Estacionamento Ultrapark GRU 
Local: Rua Rio Vermelho, 32 – Vila Barros Guarulhos/ SP
Quanto: R$15,90 (vaga descoberta) e R$21,90 (vaga coberta)

Quer mais Move, Learn e Enjoy na sua vida?

Curta nossa página no Facebook

Veja nossas fotos no Instagram

matheus template_editado-1

Comfort food: Alimentando as memórias e sensações

COMFORT FOOD: LEMBRANÇAS DO PALADAR

O alimento está intimamente relacionado com o hábito de consumo das pessoas e com a cultura que os permeia, fazendo com que o aparecimento de novas tendências e formas de se alimentar surjam com o passar dos anos e com novas gerações que se formam.

Entre as tendências está a comfort food, que tenta resgatar os sentimentos e lembranças relacionados à comida e à história de vida e, com isso, busca agradar o paladar e a alma (LOPES, 2008; MENDES, 2007).

Continue reading