Estação Valongo Santos

Centro histórico de Santos é um resgate ao passado

VIAGEM NO TEMPO PELAS RUAS DE SANTOS

Que tal um passeio que te leva a uma viagem no tempo pelas ruas de Santos?

Santos, além de ter o maior porto da América Latina, ainda tem uma história incrível para contar, pois é uma das cidades mais antigas do país e muito influenciou para o desenvolvimento da nossa economia.

Uma das formas de conhecer parte da riqueza histórico-cultural do município é fazer o passeio de bondinho pelo centro histórico de Santos, que ainda mantém importantes construções da época em que a cidade estava se desenvolvendo.

Continue reading

emissario santos

Conheça os atrativos da orla de Santos

Surpreenda-se com os diversos atrativos da orla de Santos

Não dá para falar de Santos e não citar esse cartão postal.

O calçadão de Santos é acompanhado em sua extensão por uma ciclovia e tem um belo projeto paisagístico que inclui diversidade de plantas, estátuas e fontes, tudo isso tornando o passeio (seja a pé ou de bicicleta) bem agradável.

Com seus 5 km de extensão, é o maior jardim de orla marítima do mundo.

Continue reading

Conheça o Zooparque Itatiba – o maior zoológico privado do Brasil

Zooparque Itatiba proporciona experiência de vivenciar contato com a natureza e observar exemplares exóticos da fauna do mundo

Procurando um local onde você pode vivenciar aulas de biologia a céu aberto, interagindo com animais e uma área imensa de Mata Atlântica nativa?

O Zooparque Itatiba pode proporcionar esta experiência e aprendizado para você e toda sua família!

O atrativo nasceu do fruto de uma parceria entre empresários europeus que compartilhavam um sonho de construir um zoológico, vindo da paixão pelos animais e meio ambiente.

O início do projeto deu-se em 1994 com o que era antes conhecido como “Paraíso das Aves”, com diversos exemplares de pássaros do mundo.

Após o crescimento e reformulação nasceu o que hoje é o Zooparque Itatiba.

Continue reading

jardim de lineu sp

As maravilhas do Jardim Botânico de São Paulo

Muito provavelmente se você é de São Paulo e aprecia a natureza, gosta de aproveitar seu final de semana indo ao Parque do Ibirapuera e desfrutar o que o atrativo tem.

Mas se você prefere um espaço também repleto de natureza só que com muito menos pessoas, o Jardim Botânico de São Paulo é o lugar perfeito para você!

É daqueles passeios BBB, ou seja, bom, bonito e barato.

Continue reading

Experimente o Mundo do País das Maravilhas

Exposição interativa de Alice no País das Maravilhas chega a São Paulo 

Escrita em 1865, a clássica obra de Lewis Carroll, Alice no País das Maravilhas, tem este ano sua primeira mostra interativa.

Misturando o clássico com experiências tecnológicas para encantar todas as gerações, a Experiência Alice ficará disponível até 30 de novembro no 3° piso do Shopping JK Iguatemi, em São Paulo.

São 12 ambientes, dispostos em uma área de 800 m², para que o visitante vivencie (e não penas veja) a maluca aventura da Alice pelo País das Maravilhas.

A exposição começa com uma sala com ilustrações e diferentes edições dos livros de Alice, que mostram a abrangência da obra e as versões da personagem com o passar do tempo.

alice em desenho

Desenho de Alice feito exclusivamente para a exposição (Foto: Viviane Mayumi Seino)

Os desenhos, ricos em detalhes, foram feitos exclusivamente para a exposição!

gato de alice no pais das maravilhas

Desenho do gato de Alice no País das Maravilhas (Foto: Viviane Mayumi Seino)

Alice é um das personagens mais ilustradas do mundo. A mostra traz mais de 60 livros raros e, conforme se avança pela sala, dá para notar a singularidade de cada uma das versões.

Ilustrações da Exposição de Alice

Ilustrações da Exposição de Alice (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Algumas têm ilustrações incríveis!

Livro exposto na Experiência Alice

Livro exposto na Experiência Alice (Foto: Viviane Mayumi Seino)

Os elementos visuais são muito explorados ao longo de toda a exposição.

Logo no começo tem um vídeo interativo bem legal que, através de uma projeção, mostra um pouco da história da Alice.

O primeiro ambiente, que parece até um labirinto de paredes revestidas por páginas do livro, ajuda o visitante a se contextualizar, aguçando a curiosidade ver o que tem a seguir.

Há ainda a reprodução de um barco onde Lewis Carroll teve a ideia da famosa história.

Barco alusivo ao de Lewis Carroll (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Barco alusivo ao de Lewis Carroll (Foto: Viviane Mayumi Seino)

Para quem não sabe, certo dia, em 1862, Carroll estava passeando de barco pelo rio Tâmisa com Robinson Duckworth e as três filhas de seu amigo Henry Liddell, entre elas Alice Liddell.

Para distrair as crianças, Carroll contou uma história tendo Alice como protagonista. A menina gostou tanto que pediu para que o autor colocasse as ideias no papel.

Surgiu então o primeiro rascunho do que, alguns anos depois, se tornaria Alice no País das Maravilhas.

Depois de passar pela sala Lewis Carroll, no primeiro momento da Experiência Alice, você entrará no jardim, onde a Alice viu o Coelho Branco pela primeira vez.

Alice e seu gato

Alice e seu gato (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Como a exposição foi pensada para ser uma experiência em primeira pessoa, a partir daí os visitantes se tornam a Alice e a figura dela só volta a aparecer no final da mostra.

Sendo você o protagonista, prepare-se para a aventura, pois os próximos ambientes são inspirados nos principais momentos do conto!

Você poderá escorregar (literalmente) na toca do coelho; aumentar e diminuir de tamanho ao comer os biscoitos e beber a poção…

Poção do encolhimento

Poção do encolhimento (Foto: Viviane Mayumi Seino)

Quando ajustar seu tamanho, conseguirá passar pela porta e seguir rumo ao País das Maravilhas…

macaneta falante alice no pais das maravilhas

Maçaneta falante (Foto: Viviane Mayumi Seino)

Depois de passar pela corrida eleitoral, irá conhecer os excêntricos gêmeos Tweedledee e Tweedledum (que falam quando você aperta o botão da roupa deles)…

Tweedledee e Tweedledum (Foto: Viviane Mayumi Seino)

Tweedledee e Tweedledum (Foto: Viviane Mayumi Seino)

Quando chegar à casa do Coelho, tome cuidado, pois lá você se sentirá gigante!

pernas grandes experiencia alice

“Espelhos mágicos” que te deixam maior ou menor (Foto: Viviane Mayumi Seino)

As maluquices continuarão com a Lagarta e o Gato de Cheshire (que aparece e desaparece em diferentes pontos da sala)…

Mas as coisas poderão ficar mais loucas quando o Chapeleiro Maluco e a Lebre e Março te convidarem para tomar um chá com eles…

Hora do chá no País das Maravilhas

Hora do chá no País das Maravilhas (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

No jardim da Rainha de Copas, poderá pintar as rosas brancas (as flores mudam de cor quando você as toca)…

Jardim da rainha alice no país das maravilhas

Jardim da rainha (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

A confusão é tanta que você ainda será julgado pela Rainha de Copas…

Mas lembre-se do quanto ela é brava!!!

rainha de copas alice no pais das maravilhas

Cortem-lhe a cabeça (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Enfim, é uma viagem pelo País das Maravilhas!

As frases famosas nas paredes, as falas e as músicas do filme de 1951 da Disney, os monitores explicando cada uma das partes, os recursos tecnológicos e toda a interação com o ambiente ajudam os visitantes a entrarem no clima e se sentirem como a Alice.

Frase de Alice no País das Maravilhas

Frase de Alice no País das Maravilhas (Foto: Viviane Mayumi Seino)

Por fim, você encontra os personagens reunidos tomando um chá em uma sala que é dedicada para a versão de Alice no País das Maravilhas de Tim Burton, lançada em 2010.

Alice na versão de Tim Burton

Alice na versão de Tim Burton (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Passando por esta sala você chega ao fim da exposição e é direcionado para uma loja de presentes, onde encontrará copos, chinelos, enfeites e outros mimos com o tema de Alice no País das Maravilhas.

A exposição Experiência Alice, que comemora os 150 anos da obra, vai até o dia 30 de novembro e os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Shopping JK Iguatemi ou pelo site Ingresso Rápido.

Dados gerais:

Exposição – Experiência Alice
Período:
06 de Outubro a 30 de Novembro
Local: Shopping JK Iguatemi – 3º piso,  Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 2041, São Paulo/SP
Quanto: R$35,00 (inteira) e R$ 17,50 (meia-entrada)
Horário de funcionamento: Segunda a sábado, das 10 às 21 horas; domingos e feriados, das 11 às 19 horas
Vendas: Pelo site da Ingresso Rápido e na bilheteria
Classificação: livre

Quer mais Move, Learn e Enjoy na sua vida?

Curta nossa página no Facebook

Veja nossas fotos no Instagram

museu do videogame itinerante

Museu do Videogame

Você é um fanático por videogame?

Se lembra daquelas fases perdidas quase conquistando o objetivo no jogo ou daqueles dias que sua mãe falava para você desligar o videogame senão ela iria tirar da tomada a força?

Então, esta exposição foi feita para você!

Uma atração que todo amante de videogame sempre quis desfrutar está em São Paulo.

O Museu do Videogame Itinerante é uma exposição que conta com mais de 250 consoles das mais variadas épocas, modelos e cores, que roda o Brasil apresentando esta variedade ao público.

O evento, que em 2015 recebeu mais de 4 milhões de visitantes em nove estados, é o primeiro do gênero do país registrado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram).

Continue reading

cervejaria brew pub

Cervejaria artesanal em Domingos Martins

Conheça o Barba Ruiva, o brew pub de Domingos Martins

Você gosta de cerveja?

Já parou para pensar como é feito uma cerveja artesanal?

Em Domingos Martins, cidade a aproximadamente 42 km da capital do Espírito Santo, Vitória, está situada a Cervejaria Barba Ruiva, um brew pub de saciar sua sede!

O brew pub é um bar que produz sua própria cerveja, ali mesmo no local e que só pode vendê-la ali no estabelecimento.

Ou seja, se você for para um brew pub, irá degustar apenas cervejas que foram feitas ali mesmo.

Bacana, não é mesmo?

A Cervejaria Barba Ruiva é uma excelente opção se você estiver visitando a cidade de Domingos Martins no Espírito Santo!

Continue reading

Jundiaí e suas deliciosas tradições italianas

Jundiaí e influências italianas na gastronomia

A Itália possui quase 60 milhões de habitantes, sendo 26 milhões residentes no Brasil.

Desses, 16 milhões vivem no Estado de São Paulo.

Isso faz com que nosso país tenha a maior concentração de italianos fora da Itália.

Em Jundiaí, estima-se que 80% da população sejam descendentes de imigrante, construindo uma das maiores colônias italianas em todo o Brasil.

Todos estes números comprovam que uma das cidades mais italianas do interior do Estado de São Paulo, Jundiaí, ainda continua a manter algumas tradições e influências, principalmente as culinárias.

Eu tive o privilégio de conhecer um restaurante no qual o frescor dos alimentos produzidos e as pessoas que trabalham no local são tão bem cuidados como são os clientes.

Vamos conhecer a Cantina Bertelli nesta jornada de sabores.

HISTÓRIA

A Cantina Bertelli foi um desejo de reproduzir e servir o que o Senhor Flávio aprendeu com a mãe e os avós.

Em Outubro de 2008 ele achou a parceria ideal com a Adelaide e fundou a Cantina Bertelli, resgatando os aromas e sabores de sua infância.

Eles desejavam recriar um ambiente no qual a culinária saudável e com sabores autênticos da cozinha italiana ultrapassassem qualquer barreira.

cantina-bertelli

Espaço interno na Cantina Bertelli (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Seguindo veementemente este conceito, o restaurante não faz uso de conservantes ou qualquer outro produto industrializado na elaboração dos molhos.

Eles plantam e cultivam os próprios ingredientes para os temperos no próprio jardim.

O mais interessante é que o estabelecimento sabe da importância das pessoas, ou seja, de todos os envolvidos nos processos, como os funcionários.

Além é claro dos clientes, os quais eles fazem questão de conquistar e fidelizar a cada garfada e atendimento.

ALMOÇO

Tive a oportunidade de degustar o almoço na Cantina Bertelli na sexta-feira.

Todos os dias existe uma opção diferente à escolha do cliente para massas e carnes do dia.

O almoço executivo funciona com a possibilidade de escolha de diversas opções para matar sua fome, sendo 1 salada + 1 massa ou arroz + algum tipo de carne (peixe, vaca ou frango) e 1 sobremesa.

Tudo isso por apenas R$ 32,90.

Eu iniciei escolhendo a salada “Da Casa” que vai folhas verdes em tiras, tomate seco, alcachofra e mussarela de búfala.

salada cantina bertelli

Salada Da Casa (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

A salada tinha um sabor bem fresco e estava deliciosa.

Também pedi um suco artesanal de uva, que por sinal, estava uma delícia!

suco artesanal cantina bertelli

Suco artesanal de uva da Cantina Bertelli (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Todas as saladas tem a opção de escolha de dois molhos: mel com mostarda ou molho de yogurte com ervas finas.

Para o prato principal havia a possibilidade de escolher massas ou massas gratinadas (lasagna).

As possibilidades de massas são fettuccine, taglierine, taglierine de espinafre, spaghetti, spaghetti sem glúten ou gnocchi.

Os acompanhamentos são molhos de alho e óleo (áleo frito no azeite), napolitano (tomate em pesaços com folhas de manjericão e vinho tinto, pomodoro (tomate em pedaços e manjericão), bechamel (molho branco), alfredo (creme de leite e parmesão), sugo (tomate), bolognesa (tomate e carne moída)

Eu escolhi um dos pratos mais pedidos da casa, a lasanha de beringela.

lasanha de beringela cantina bertelli

Lasanha de beringela Cantina Bertelli (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Beringela e mussarela ao molho pomodoro!

Uma explosão de sabores.

A lasanha não recebe nenhuma camada de massa, o que a deixa leve e enriquecida com os sabores misturados da beringela, queijo e molho pomodoro.

Para acompanhamento pedi como carne salmão ao molho de maracujá.

salmao-com-molho-de-maracuj

Salmão com molho de maracujá (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Todos os dias existe opção de 3 tipos de carnes diferentes e me dei bem porque adoro salmão e na sexta-feira ele estava como opção de acompanhamento.

Ficou uma delícia a mistura entre a lasanha e o salmão.

Salmao Cantina Bertelli

Delicioso salmão na Cantina Bertelli (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Recomendo!

E para finalizar com chave de ouro, escolhi como sobremesa um fantástico tiramisu.

tiramisu cantina bertelli

Tiramisu da Cantina Bertelli (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Uma combinação de queijo cremoso com contraste do café e a crocância do biscoito champagne.

Para você que gosta de doces, este tiramisu irá com certeza te alegrar e encerrar a sua refeição da melhor maneira.

Não perca a chance de experimentar estas delícias também!

Vá conhecer a Cantina Bertelli!

Dados gerais:

Cantina & Pizzaria Bertelli
Localização: Avenida Nove de Julho 1999 (esquina com R. Professora Raquel Carderelli, 291 – Jundiaí/SP
Faixa de preços: pratos variam de R$ 18,90 à R$ 32,90
Horário de funcionamento:
Almoço executivo: Segunda a sábado, das 11:30 às 14:30 horas
Jantar á la carte: Terça a sábado das 19 às 00 horas
Almoço á la carte: Domingo das 12 às 15:30 horas
Serviços: Wi-fi disponível e cardápio infantil

Quer mais Move, Learn e Enjoy na sua vida?

Curta nossa página no Facebook

Veja nossas fotos no Instagram

matheus template_editado-1

Conheça o primeiro bem imaterial brasileiro: as Panelas de Barro capixaba

Patrimônio imaterial brasileiro

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) é uma autarquia federal vinculada ao Ministério da Cultura que responde pela preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro.

Cabe ao Iphan proteger e promover os bens culturais do Brasil, materiais e imateriais, assegurando sua permanência e usufruto para as gerações presentes e futuras. (IPHAN, 2014).

Os bens culturais de natureza imaterial dizem respeito àquelas práticas e domínios da vida social que se manifestam em saberes, ofícios e modos de fazer; celebrações; formas de expressão cênicas, plásticas, musicais ou lúdicas; e nos lugares (como mercados, feiras e santuários que abrigam práticas culturais coletivas).

Continue reading

mesa restaurante cortile si

Um pedacinho da Sicília em Jundiaí

Pedacinho da Sicília no interior do Estado de São Paulo

A cidade de Jundiaí detém, devido à imigração italiana que ocorreu em meados do século XIX no Brasil, uma importante formação cultural proveniente da Itália.

A prática de tradições e cultura italianas na cidade formou a identidade de diversos bairros jundiaienses e da própria cidade, que é comumente chamada de “Terra da Uva”.

A relação e o sentido de pertencimento e afinidade com a sua pátria-mãe, a Itália, trazidos pelos imigrantes e mantidas através de modos e estilos de vida que foram se adequando e sendo aceitos pelos grupos que viviam na localidade, como cultivo de uvas e colheita das mesmas para processamento e produção de vinhos, fazia com que suas ações se refletissem no ambiente, estabelecendo uma identidade cultural na cidade.

Talvez pelo motivo de ser uma cidade acolhedora e com muitas influências da gastronomia italiana que o siciliano nascido em Pachino, Leonardo Bonfanti, veio para Jundiaí.

Ele chegou em Jundiaí em 2013 e com ele trouxe os ensinamentos culinários que aprendeu desde criança com a avó Concettina e a mãe Angela.

Ele aliou o conhecimento e a vontade de empreender e consolidou um pedacinho da Sicília em Jundiaí que resgata de maneira simples os sabores e aromas de sua terra natal, providenciando aos clientes o presente de poder provar o melhor da culinária Mediterrânea.

Ambientação no restaurante Cortile Siciliano (Foto: Cortile Siciliano)

Ambientação no restaurante Cortile Siciliano (Foto: Cortile Siciliano)

Tive a oportunidade de visitar o restaurante Cortile Siciliano em Jundiaí e logo que entrei já senti um aroma muito delicioso de temperos no ar.

Cheguei às 12:45h, para saborear um almoço com comidas tipicamente sicilianas.

Fui muito bem recebido pelos dois atendentes que fazem o serviço de garçom.

Ademais, também ao entrar, já se tem um impacto positivo, pois é possível ver através de um vidro a cozinha e os chefs fazendo os pratos.

Uma experiência bem diferenciada que passa aos clientes a sensação de estar em casa, desfrutando de um clima caseiro, lembrando uma casa tipicamente siciliana.

Chefs de cozinha no restaurante siciliano (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Chefs de cozinha no restaurante siciliano (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

O salão do restaurante conta com 13 mesas e um aconchegante estofado na parede lateral, com confortáveis almofadas.

Salão principal do restaurante Cortile Siciliano (Foto: Cortile Siciliano)

Salão principal do restaurante Cortile Siciliano (Foto: Cortile Siciliano)

Além de uma iluminação que decora o espaço e torna-o perfeito para almoços e jantares em casais, amigos, familiares, negócios, o restaurante Cortile Siciliano é um ambiente para todos os momentos e gostos!

Na minha primeira ida ao Cortile Siciliano, me deparei com um cardápio muito variado e que deu água na boca só de começar a passar o olho.

cardapio cortile siciliano

Cardápio Cortile Siciliano (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

O cardápio divide-se em clássicos sicilianos, para comer como entrada, massas e pratos principais, pratos servidos como petiscos e pratos para compartilhar.

A carta de vinhos acompanhada dos dizeres “Meglio bere che parlare” (Melhor beber do que falar) e próximo a uma lata de um molho de tomate italiano retomam os elementos da Itália para nossa experiência no local.

cardapio cortile siciliano jundiai

Menu Cortile Siciliano (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Já estava no aguardo para meu primeiro pedido, apreciando um bom vinho tinto e o espaço acolhedor.

Mesa pronta (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Mesa pronta (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Meu pedido de entrada foi um arancini, bolinhos de risoto de açafrão com ragú (tradicional molho) de carne e queijo scamorza.

Arancini (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Arancini (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Difícil apenas se contentar com um, pois a massa é macia e os elementos (arroz, ragú de carne e queijo scamorza) se misturam na boca providenciando um sabor muito delicioso.

Recheio de ragú de carne e queijo scamorza (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Recheio de ragú de carne e queijo scamorza (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

O mais gostoso é que é providenciado um pequeno recipiente com molho de tomate fresco que deixa a mistura ainda mais gostosa.

É interessante falar que o molho de tomate possui sabor acentuado e leve, por não ser utilizados produtos industrializados.

Além da entrada, foi servida uma salada deliciosa de rúcula com sementes.

salada cortile siciliano jundiai

Salada de rúcula (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Afirmando um ponto forte de destaque no restaurante: apenas usar produtos frescos nos pratos.

O arancini custa R$10 a unidade e R$ 37 a porção com 4 unidades.

Logo após provar a entrada eu pedi um ravioli di mozzarella (ravioli de mussarela).

Ravioli di mozzarela (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Ravioli di mozzarela (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

As massas servidas no restaurante são todas produzidas por eles, o que traz um frescor indescritível no sabor.

O ravioli de mozzarela é feito com massa de manjericão rechadas com mussarela de búfala e raspas de limão siciliano com molho de tomate.

Logo na primeira mordida dá para sentir o sabor do limão em harmonia com o molho de tomate.

Uma explosão de sabores!

O prato é vegetariano e custa R$ 53.

Para encerrar o meu almoço com chave de ouro eu pedi uma sobremesa.

Um pote de vidro cuidadosamente ornamentado com o logo do restaurante e um delicioso tiramisu de laranja com lascas de chocolate amargo.

doce artesanal cortile siciliano

Doce artesanal (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

sobremesa cortile siciliano

Sobremesa Cortile Siciliano (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Não tem como não gostar após estas delícias!

Já estou planejando minha volta, pois a comida e atendimento estão de parabéns!

O Restaurante Cortile Siciliano possui algumas características que pontuam positivamente o estabelecimento para o diferencial que oferecem.

O cardápio é 100% sêmola de grano duro, utilizados somente ovos orgânicos e todos os ingredientes sem corantes ou conservantes, providenciando o frescor dos pratos.

Mas como ainda não basta, o restaurante ainda possui:

  • salão privado para reuniões de negócios e confraternizações;
  • serviço de chef em domicilio;
  • aulas de culinária com o chef Leonardo Bonfanti;
  • organização para eventos corporativos;
  • menu especial para grupos.

E possuem algo interessante e inovador que eu não havia presenciado ainda em qualquer restaurante, uma câmera instalada na cozinha transmite para a TV que está no ambiente principal do estabelecimento, o que os chefs estão cozinhando.

Interessante não é mesmo?

E você?

Vai perder a chance de provar as delícias da culinária Mediterrânea da Sicília?

Vá conhecer o Restaurante Cortile Siciliano!

Dados gerais:

Restaurante Cortile Siciliano
Localização: Rua Eduardo Tomanik, 900 – Loja 18 (Unit Mall) – Jundiaí/SP
Faixa de preços: pratos variam de R$ 26 à R$ 57
Horário de funcionamento: Terça a sábado, almoço das 12 às 15 horas e jantar das 18 às 22:45 horas
Serviços: Wi-fi e espaço para eventos e confraternizações

Quer mais Move, Learn e Enjoy na sua vida?

Curta nossa página no Facebook

Veja nossas fotos no Instagram

matheus template_editado-1