Exposição sobre Picasso invade São Paulo

Exposição “Picasso: mão erudita, olho selvagem” invade o Instituto Tomie Ohtake para mostrar obras de Picasso

Exclusivamente realizada com as coleções do Musée National Picasso-Paris, a exposição “Picasso: mão erudita, olho selvagem” sugere uma descoberta renovada das obras deste grande artista.

A exposição inédita sobre as obras de Picasso ficará até o dia 14 de Agosto no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo.

A coleção do Musée National Picasso-Paris não tem equivalente em qualquer outro lugar do mundo e agora está em território brasileiro.

Instituto Tomie Ohtake (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Instituto Tomie Ohtake (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

O núcleo principal desse conjunto de obras de Pablo Picasso (1881-1973), o mais importante no mundo, provém de duas doações sucessivas, realizadas pelos herdeiros do pintor, em 1979 e em 1990.

A exposição leva o visitante a imergir no mundo de Picasso, onde os conjuntos de obras seguem os marcos da carreira do espanhol, desde os primeiros anos de formação até os últimos de produção.

Painel de exposição de Picasso (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Painel de exposição de Picasso (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

A exposição de Picasso é composta por 153 peças, sendo a grande maioria inédita no Brasil.

Obra de Picasso logo na entrada (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Obra de Picasso logo na entrada (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

São 116 trabalhos do mestre espanhol – 34 pinturas, 42 desenhos, 20 esculturas e 20 gravuras –, além de uma série de 22 fotogramas de André Villers realizados em parceria com Picasso.

Retrato - Obra de Picasso (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Retrato de um homem – Obra de Picasso (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Primeiras influências artísticas de Picasso (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Primeiras influências artísticas de Picasso (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

A coleção abrange todas as fases técnicas da produção do artista, possibilitando uma visão da riqueza e diversidade de suas obras.

Diferentes influências de Picasso (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Diferentes influências de Picasso (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Pelo fato de Picasso ter conservado essas obras a vida toda, as obras do Musée National Picasso-Paris disponíveis para o público na exposição em São Paulo, permite que o público enxergue a intimidade do artista e seu processo criativo na evolução da exposição.

Auto-retrato de Picasso (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Auto-retrato de Picasso (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Traços de influência do quadro Guernica (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Traços de influência do quadro Guernica (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Casal se beijando (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Casal se beijando (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Por ser um multi-artista, além de quadros com influências diversas, Picasso também produzia diversas peças em esculturas de bronze e também em argila.

Obra de Picasso em argila (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Obra de Picasso em argila (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Durante um de seus veraneios na Côte D’Azur, em 1946, Picasso fez uma visita às oficinas de cerâmica Madoura, em Vallauris, França.

Lá, viu-se mais uma vez atraído por uma técnica de tradição popular e produziu quase ininterruptamente por 1 ano e seis meses.

Coruja de argila de Picasso (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Coruja de argila de Picasso (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Para Picasso, cerâmica representava nova possibilidade de integrar pintura e escultura, bem como de pesquisar formas, cores e texturas.

Sala de exposição no Instituto Tomie Ohtake (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Sala de exposição no Instituto Tomie Ohtake (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)

Completam a mostra 12 fotografias de autoria de Dora Maar, três de Pirre Manciet e filmes sobre os trabalhos e seus processos de realização.

Sendo a mais completa coleção de obras de Picasso a exposição vinda diretamente do Musée National Picasso-Paris apresenta testemunhos excepcionais em suas obras e fonte de questionamento do gênio picassiano.

Não deixe de aproveitar este momento marcante de estar frente a frente com obras de Picasso no Brasil.

A não ser que queira motivos para viajar para Paris depois!

Dados gerais:

Exposição – Picasso: mão erudita, olho selvagem
Período:
22 de Maio a 14 de Agosto
Local: Instituto Tomie Ohtake – Rua Dos Coropés, 88 – Pinheiros, São Paulo/SP
Quanto: $12,00 (inteira) e R$6,00 (meia-entrada). Crianças até 10 anos e pessoas com deficiência têm entrada gratuita todos os dias da exposição.
Às terças-feiras a entrada é gratuita mediante retirada de senhas na bilheteria
Horário de funcionamento: Terça a domingos, das 11 às 20 horas (última entrada na exposição às 19 horas)
Vendas: Pelo site da Ingresse e na bilheteria

Quer mais Move, Learn e Enjoy na sua vida?

Curta nossa página no Facebook

Veja nossas fotos no Instagram

matheus template_editado-1

Posted in São Paulo and tagged , , , , , .

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *