Intercâmbio social na Itália

Em janeiro de 2015, embarquei para a cidade de Brescia, na Itália, para viver uma experiência marcante: lecionar tópicos de Direitos Humanos e temas da atualidade para jovens italianos.

Sei que essa história foi perfeita devido ao suporte impecável da AIESEC em Campo Grande – que acompanhou todo o processo, desde os meus primeiros passos na busca por vagas até meu retorno ao Brasil – fazendo com que eu crescesse como um verdadeiro cidadão global!

Creio que um dos pontos mais interessantes da experiência foi a oportunidade que eu tive de poder me compreender melhor. Com desafios lançados em um ambiente tão propício, pude refletir sobre minhas motivações e observar minhas forças, vendo como elas poderiam ser valiosas naquela situação.

Foi incrível poder ter convivido com a juventude italiana: o contato entre nossas culturas rendeu diálogos muito interessantes, fazendo com que eu desenvolvesse um conhecimento muito mais amplo e dinâmico da minha realidade.

Dando aulas para os italianos (Foto: Artur Zanelatto Santos)

Dando aulas para os italianos (Foto: Artur Zanelatto Santos)

Além disso, perceber minha responsabilidade naquela situação me avivou um sentimento de conexão com o mundo onde vivo – e, acima de tudo, me fez perceber que sou um indivíduo capaz de assumir um papel de mudança neste planeta: passando por desafios em sala de aula e por momentos com indivíduos de diversos backgrounds, vi como a positividade e a capacidade de adaptação a diferentes meios é vital, permitindo uma busca orientada por soluções.

Alunos italianos do intercâmbio (Foto: Artur Zanelatto Santos)

Alunos italianos do intercâmbio (Foto: Artur Zanelatto Santos)

Durante os quase dois meses de projeto, puder ser indescritivelmente feliz por ver meus alunos focados em construir um mundo melhor.

Ao instigar discussões e ao comunicar uma nova perspectiva para aqueles meninos, alcancei o objetivo de juntos criarmos um espaço de colaboração: crianças que antes não se comunicavam passaram a contribuir com as aulas, estudantes passaram a assumir novos desafios – e, acima de tudo, todos perceberam que os sonhos têm valor, motivando desde o jovem que não via a hora de ir a outra nação até o formando que queria ser professor.

Lecionando Direitos Humanos (Foto: Artur Zanelatto Santos)

Lecionando Direitos Humanos (Foto: Artur Zanelatto Santos)

Além disso, sei que a jornada de desenvolvimento foi completa devido à atuação da AIESEC – e, por isso, não vejo a hora de participar de outro intercâmbio!

Alunos italianos (Foto: Artur Zanelatto Santos)

Alunos italianos (Foto: Artur Zanelatto Santos)

Todo o amparo e todo o acompanhamento realizaram o meu sonho da maneira mais perfeita, pois havia uma organização ao meu lado: a preparação do meu perfil para busca das oportunidades, a consulta às vagas disponíveis e o processo de seleção foram todos observados por colegas que estavam prontos a me orientar.

Sem contar que minha rotina na Itália era acompanhada por um escritório atuante e que meu retorno ao Brasil foi organizado por indivíduos comprometidos com as melhores experiências!

Enfim… Foi assim que eu me desenvolvi na Itália. Com suporte em meio a um ambiente incrível, pude me aprimorar, crescer como líder e agir localmente para que o impacto irradiasse, pontuando uma mudança no meio em que vivo.

Esse é um diferencial da AIESEC: as experiências práticas fazem sair da zona de conforto e guiam a uma compreensão muito mais profunda do mundo, das pessoas e de si mesmo, proporcionando algo marcante para o indivíduo e para o planeta!

Dados do Intercâmbio:

Período de realização: Janeiro à Fevereiro de 2015
País de destino: Itália
Projeto Realizado: EduCHANGE

Quer saber mais como realizar um intercâmbio como esses?

Clique aqui e faça suas malas!

Quer mais Move, Learn e Enjoy na sua vida?

Curta nossa página no Facebook

Veja nossas fotos no Instagram

artur

Posted in Intercâmbio and tagged , , , , .

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *